Foto: reprodução

O MDB oficializou a candidatura da senadora Simone Tebet à Presidência da República durante sua convenção nacional, nesta quarta-feira, apesar de parte do partido já ter declarado apoio no primeiro turno ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), líder nas pesquisas para o Palácio do Planalto.

A candidatura de Simone foi aprovada por 262 dos 418 votos possíveis na convenção, com nove votos contrários –outros 97 delegados, alguns com direito a mais de um voto– não participaram. Alagoas e Paraíba, dois Estados em que o partido já declarou apoio a Lula, não participaram da votação.

Em seu primeiro discurso oficial como candidata, a senadora pelo Mato Grosso do Sul fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca a reeleição, e a Lula e prometeu ter como prioridade o combate à fome.

“Estamos prontos para pacificar e unir o Brasil”, afirmou, tentando se colocar como opção aos líderes da disputa.

Com sites