McGregor é preso na França por suposta agressão sexual

298
Foto: Reuters

O astro irlandês de artes marciais mistas Conor McGregor foi levado sob custódia da polícia na Córsega sob suspeita de tentativa de agressão sexual e exposição indecente, disse o gabinete do promotor no sábado (12).

“Na sequência de uma queixa apresentada em 10 de setembro denunciando atos que poderiam ser descritos como tentativa de agressão sexual e exibição sexual, o Sr. Conor Anthony Mac Gregor (sic) foi alvo de uma audiência pelos serviços da gendarmerie”, escreveu o gabinete do procurador em comunicado enviado para AFP.

O termo gendarmerie diz respeito à força policial francesa.

O comunicado não deu detalhes sobre os supostos crimes cometidos por McGregor, de 32 anos. McGregor, um ícone do Ultimate Fighting Championship (UFC), que atende pelo apelido de ‘Notório’, não é estranho à polêmica. Ele chegou às manchetes em 2019 por um ataque a um homem mais velho em um bar de Dublin, situação capturada em um vídeo que se tornou viral. Em 2018 ele se confessou culpado em Brooklyn, Nova York, por conduta desordeira após atacar um ônibus cheio de lutadores do UFC.