O japonês, Horie Kenichi, se tornou a pessoa mais idosa a atravessar o Oceano Pacífico em um iate, navegando sozinho e sem paradas.

Horie, de 83 anos de idade, cruzou a linha de chegada no Canal de Kii, entre as províncias de Wakayama e Tokushima, no oeste japonês, às 2h39 da madrugada de sábado. Ele partiu de São Francisco, na costa oeste dos Estados Unidos, no final de março.

Há 60 anos, Horie navegou de iate do Japão até São Francisco, se tornando a primeira pessoa a cruzar sozinha e sem portos de escala o Oceano Pacífico. Desta vez ele navegou a rota na direção oposta.

Durante sua jornada de 69 dias, Horie cobriu uma distância de cerca de 8.500 quilômetros. Ele quebrou o recorde anterior com uma diferença etária superior a 10 anos.

Horie vai conversar com repórteres em um porto no oeste japonês no domingo, depois de cumprir os procedimentos de quarentena e imigração.