O Japão prometeu doar até 200 milhões de dólares em auxílio adicional para países da África no combate à pandemia de coronavírus. O fundo será utilizado para melhorar a capacidade do continente de produzir insumos médicos e farmacêuticos, incluindo vacinas.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro do Japão, Kishida Fumio, revelou o plano numa mensagem de vídeo transmitida durante uma conferência de cúpula online sobre o coronavírus. Ele disse que a assistência será fornecida através da Jica – a Agência de Cooperação Internacional do Japão.

Kishida disse: “Mais de dois anos se passaram desde que a Covid-19 foi declarada uma pandemia”. No entanto, ele acrescentou que “em todas as partes do mundo, a saúde das pessoas continua sendo ameaçada e o desenvolvimento econômico e social continua sendo prejudicado.”

Kishida salientou que esforços concretos precisam ser acelerados para pôr um fim na pandemia e construir um sistema melhor de seguridade sanitária.

Ele acrescentou que o Japão vai continuamente implementar assistência num total de cerca de 5 bilhões de dólares a países em desenvolvimento. A quantia inclui até 500 milhões de dólares voltados à Covax, uma iniciativa liderada pela Organização Mundial da Saúde para o desenvolvimento e distribuição de vacinas contra o coronavírus.

Com NHK