Japão tem mais de 86.000 centenários

326

Segundo uma pesquisa realizada pelo governo do Japão, o número de cidadãos com 100 anos ou mais de idade atingiu mais de 86 mil, marcando o número mais alto já registrado.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social divulgou esses dados na terça-feira. Este é o quinquagésimo primeiro ano consecutivo em que o número de centenários aumentou no Japão.

A pesquisa, feita com base em residentes registrados no Japão, mostrou que na quarta-feira desta semana 86.510 pessoas contam com 100 anos ou mais de idade, 6.060 a mais que no ano passado. Deste número, 88%, ou 76.450 centenários são mulheres. O total de homens perfaz 10.060.

A mulher mais idosa do Japão é Tanaka Kane, com 118 anos, residente da cidade de Fukuoka, e o homem mais idoso é Ueda Mikizo, de 111 anos, da cidade de Nara.

A província de Shimane tem a maior proporção de centenários, com 134,75 para cada 100 mil habitantes, e encontra-se no topo desta lista por nove anos consecutivos.

A província de Saitama tem a taxa mais baixa de centenários, com 42,4 para cada 100 mil habitantes.

Com informações da CCIBJ-PR e NHK