Itália planeja usar app para monitorar pessoas vacinadas

234

Ansa – O diretor-geral da Agência Italiana de Medicamentos (Aifa), Nicola Magrini, anunciou neste domingo (22) que pretende utilizar um aplicativo para fazer o monitoramento de todas as pessoas que serão vacinadas contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) no país, assim que houver um imunizante para combater a Covid-19.

Além disso, Magrini alertou que a possível vacina deve ser obrigatória apenas em “casos extremos”. As declarações foram dadas durante o encontro “Uma vacina para todos”, promovido pela revista Internacional em Ferrara, no qual o executivo fala sobre as vacinas anti-Covid e a campanha de vacinação que será realizada na Itália.

“Como agência farmacêutica italiana, estimularemos mais estudos para farmacovigilância ativa também com meios inovadores, como um aplicativo para monitoramento de pessoas vacinadas”, disse.

De acordo com o italiano, neste momento, “já existem 45 vacinas em ensaios em humanos, das quais três estão agora na fase final dos testes clínicos randomizados de grande dimensão, com várias dezenas de milhares de doentes”.