As mais de 200 indústrias que compõem o Arranjo Produtivo Local (APL) da Madeira e Esquadrias da região Sul poderão participar de uma Clínica Tecnológica

As mais de 200 indústrias que compõem o Arranjo Produtivo Local (APL) da Madeira e Esquadrias da região Sul poderão participar amanhã e quarta-feira, em Bituruna, de uma Clínica Tecnológica voltada para a melhoria de processos e produtos de base florestal. Promovida pelo Senai Paraná, por meio da Rede de Tecnologia do Paraná (Retec), a Clínica terá a presença de dois especialistas do setor. A abertura do evento ocorrerá às 17h15, na Câmara Municipal de Bituruna, município que fica a 317 quilômetros de Curitiba.
PhD em Engenharia Florestal na área de Concentração e Manejo Florestal pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Roberto Pedro Bom atenderá o público através de palestras e de consultorias individuais a empresas da região. Pedro Bom atua há mais de 20 anos como administrador florestal em diversas regiões do país (florestas tropicais, de pinus, eucaliptos e araucária). Neste período, desenvolveu técnicas de planejamento, controle de produção e custos, proteção, exploração, transporte e comercialização de produtos florestais.
Além dele, a Clínica ofertará também a consultoria do alemão Uli Bohmerle, do Senai Paraná. Perito integrado ao Ministério da Economia de Baden-Württemberg e professor da Escola Técnica da Madeira em Stuttgart, o consultor técnico alemão desenvolveu atividades de marcenaria em diversas empresas. Bohmerle tem experiência na fabricação de móveis e na gestão da produção e de projetos.