O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou ontem os números da balança comercial de agosto e os indicadores sobre os primeiros oito meses do ano.

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou ontem os números da balança comercial de agosto e os indicadores sobre os primeiros oito meses do ano. O levantamento mostra que as importações seguem crescendo em um ritmo superior às exportações.

Nos primeiros oito meses do ano, as exportações aumentaram 15,9%, movimentando US$ 102,4 bilhões. As importações, por sua vez, cresceram 27,8%, movimentado US$ 74,9 bilhões. Com isso, o saldo acumulado (exportações menos importações) de janeiro a agosto subiu para US$ 27,5 bilhões, redução de 7,51% na comparação com os US$ 29,7 bilhões registrados em igual período de 2006. Nos primeiros sete meses do ano, a queda no saldo acumulado em relação a 2006 foi de 5,5%.

No mês de agosto, as importações também cresceram proporcionalmente mais do que as exportações, apesar dos dois setores terem registrado novo recorde histórico. As vendas para o exterior chegaram a US$ 15,1 bilhões, aumento de 6,94% sobre o mês anterior. As importações também foram as mais altas do ano, com volume mensal de US$ 11,5 bilhões e crescimento de 7,36% sobre julho.

O saldo comercial de agosto ficou em US$ 3,535 bilhões – 5,61% maior que no mês anterior, mas 22,37% abaixo do saldo registrado em agosto do ano passado.