Imbróglio americano

426

As eleições presidenciais dos EUA caminham para conduzir o país a uma grave crise institucional. Por volta das 2h30 (horário de Washington) desta quarta-feira, Donald Trump declarou uma vitória que ainda não existe nas urnas e ameaçou apelar à Suprema Corte ―onde os republicanos agora são maioria― se a contagem dos votos pelos correios não for interrompida, o que pode consolidar a derrota do presidente.

O cenário do momento é muito confuso. Neste pleito anômalo, marcado pela pandemia de coronavírus e por uma enxurrada de votos antecipados, a apuração pode ser atrasada e deixar uma imagem diferente do final da noite de terça, quando os Estados Unidos fecharam as urnas. Trump, que surpreendeu e largou à frente, acusou os democratas de tentarem “roubar” a eleição, confessando preocupação com o resultado. Seu rival, Joe Biden, estava otimista com o resultado, mas pediu paciência aos eleitores, lembrando que nem o presidente nem ele poderiam declarar vitória antes da consolidação dos resultados.

Ganhando ou perdendo, Donald Trump demonstrou na noite desta terça-feira que não é um acidente político, nem um mero exemplar a mais da onda populista que sacode o mundo. Os primeiros resultados das eleições presidenciais norte-americanas refletem uma batalha muito acirrada contra o democrata Joe Biden e deixam em aberto o destino da presidência mais poderosa do mundo livre. O republicano amarrou todos os feudos conservadores e passou, até agora, uma noite melhor do que as pesquisas lhe permitiam esperar.

Favorita do DEM

Rafaela Lupion é a candidata a vereadora do DEM que deve surpreender nas eleições deste ano. Não só pelo apoio que recebe de sua família, de longa tradição na política nativa. Tem respaldo no partido e, mais importante, recebe o apoio diferenciado do prefeito e candidato à reeleição, Rafael Greca, O que não é de somenos. Além de priorizar a Educação e a Saúde, darei especial atenção aos temas: Apoio ao Empreendedorismo, Agricultura Urbana, Regularização da Moradia, Segurança Pública e Incentivo ao Esporte.

Goura nos bairros

Em 35 dias de campanha, o candidato à prefeitura de Curitiba Goura (PDT) visitou a maioria dos bairros periféricos e Região Metropolitana de Curitiba (RMC), onde se reuniu com moradores e líderes comunitários para ouvir as principais reivindicações e conhecer os problemas das regiões mais vulneráveis.

            Ainda respiram

Candidatos de oposição à prefeitura de Curitiba voltam às ruas amanhã para amais um debate em praça pública, na tentativa de chamar a atenção do eleitorado na reta final da disputa. O evento será o terceiro da série iniciada depois que o prefeito e candidato à reeleição, Rafael Greca (DEM), se recusou a participar do debate da Band TV, no dia 1º, alegando risco de contaminação do Covid-19.

O melhor currículo

José Maria Correia é o candidato a vereador do MDB que ostenta o currículo mais rico e consistente não só na chapa de seu partido, mas entre todos os candidatos. De minha geração, com os mesmo sonhos de democracia plena, de justiça social e de vigência dos direitos fundamentais do cidadão. Intelectual, excelente cronista, ele foi vereador numa época de transição política. Teve excelentes iniciativas, provando que o papel do vereador não é apenas o de negociar pequenos favores, dar nome a ruas ou títulos de cidadania.

DNA gratuito

Tiramos do papel mais um programa muito importante para as crianças em situação de vulnerabilidade social. Agora o Paraná, em parceria da secretaria de Justiça Família e Trabalho com a Universidade Estadual de Londrina, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público, garante o DNA gratuito pra detecção da paternidade.

Sem alopragem

No caso de vitória do democrata Joe Biden, o governo Bolsonaro já não terá o tratamento especial concedido pelo republicano Donald Trump ao colega brasileiro, que foi recebido no Salão Oval e depois homenageado em jantar, na Flórida, em março. No mais, as relações históricas de amizade entre Brasil e Estados Unidos não devem sofrer alterações, até porque há interesses comerciais que devem prevalecer sobre discursos eleitorais a respeito da questão ambiental na Amazônia. Definida a eleição, a hábil diplomacia brasileira buscará o entendimento, priorizando o que aproxima e não o que separa os dois países.

Caso argentino

Os presidentes do Brasil e Argentina não se suportam, mas a diplomacia deu um jeito de normalizar as relações. Ambos são parceiros históricos. O comentarista Hamilton Mourão, vice-presidente nas horas vagas, lembrou ontem que eventual governo Biden terá muito mais o que fazer.

Pauta indigesta

Os EUA precisam ajustar suas relações com organizações multilaterais, a Europa e a Rússia e definir suas disputas comerciais com a China.

Combater COVID

O mundo foi surpreendido pelo coronavírus e, sem saber como lidar com vários sintomas, viu a média diária de mortes disparar até 7.027, cerca de 10% da média de 70 mil casos. A proliferação da doença e o aumento da testagem levaram a média a subir 564%, superando 500 mil casos diários, mas a experiência adquirida por profissionais de saúde no combate à pandemia e a busca incansável por novos tratamentos dos sintomas reduziram a mortalidade a 1,32% enquanto a vacina não chega. Segundo o Worldometer, a taxa de recuperados em abril chegou a 77,5% e só subiu desde então, atingindo o máximo de 96,56% nesta segunda.

Planos mudam

A dupla do DEM Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, já aposta suas fichas em eventual permissão do Supremo para se reelegerem. A PEC da reeleição se inviabilizou e só restou a interferência do Judiciário. A tentativa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de impor pauta de votações em sessão extraordinária foi por água abaixo. Em outra mostra da perda de poder de Maia, a sessão foi cancelada por falta de quórum.

Censurado

Está fora do ar há 55 dias o site e-Cidadania, do Senado, e junto com ele a ferramenta de avaliação popular dos projetos de lei. O sistema “caiu” após a PEC da reeleição Maia/Alcolumbre receber 99% de rejeição.

Choque de realidade

A convite do governo, o encarregado de negócios da Embaixada da França fará uma turnê do Amazonas. A ideia é “conhecer melhor os compromissos do governo com o desenvolvimento sustentável”.

Confusão agendada

A Guarda Nacional dos Estados Unidos foi acionada em 16 dos 50 estados norte-americanos. Serão distribuídas mais de 3,6 mil tropas em todo o país para garantir a lei e ordem, após a eleição desta terça (3).

Vai demorar

O governador do Illinois, JB Pritzker, um dos chefes de governos estaduais nos EUA que pediu auxílio da Guarda Nacional, que é uma força de segurança federal, aposta que a apuração “pode levar dias”.

Malandragem antiga

Nos EUA, como no Brasil, os institutos de pesquisa se utilizam de uma velha malandragem: na véspera da eleição, “ajustaram” seus números.

Caso raro

No governo tresloucado de Bolsonaro, criticado por seu desacertos e crises desnecessárias, a exceção é o Ministério das Comunicações chefiado por Fábio Farias desde junho. Sua atuação agrada ao presidente e ao Congresso e arranca elogios até do setor privado. “Finalmente, o país tem um ministro das Comunicações”, diz Flávio Lara Resende, presidente da Abert – Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão. Agora, a comunicação institucional também foi entregue a Farias por Bolsonaro.

214 emendas

O governo pediu ao Congresso um crédito suplementar de quase R$ 6,12 bilhões para oito ministérios. A porteira aberta para a gastança inspirou a apresentação de 214 emendas só na Câmara dos Deputados.

Só ano que vem

Uma das mais queridas cantora do mundo, Adele, participou do programa Saturday Night Live e deixou seus fãs um pouco tristes. Ela anunciou que só vai retomar sua carreira em 2021. Muitos acreditam que é por causa da pandemia, outros para que ela termine o tratamento de emagrecimento (ela já perdeu 45 quilos). Mais: ela também negou qualquer romance com o rapper Brit Skepta e assegura que está solteira.

“Agências de viagem”

O Congresso já tem 32 “grupos de cooperação” com outros países, a pretexto de reforçar as relações diplomáticas, que garantem “viagens de intercâmbio” pagas pelos cofres públicos. Os congressistas não estão preocupados com as relações bilaterais: 21 desses grupos tem apenas o parlamentar vivo que o criou. Um deles, ativos só no “papel”, foi criado nos anos 1990 e fez última reunião em 2011. Detalhe: criados pelo senador Chico “Cueca” Rodrigues (DEM-RR), que os preside, há anos grupos Brasil-Guiana e Brasil-Cazaquistão.

Ainda

O veterano ex-senador e atual vereador Eduardo Matarazzo Suplicy é candidato à sua reeleição na Câmara Municipal de São Paulo. Nos segundos em que mostra seu número no horário gratuito, ele consegue se identificar como “o criador da renda mínima” no país.

Frases

“Toda criança tem direito de levar o nome dos seus pais, por isso o governo vai oferecer DNA gratuito para quem precisa.”

 Ney Leprevost