Quarta maior indústria avícola do País, de acordo com o último ranking do AviSite, o Grupo GTFoods investirá R$ 51 milhões na construção de uma fábrica de ração para atender aos produtores integrados da empresa. A unidade ficará localizada no município de São Jorge do Ivaí, próximo a Maringá, cidade onde está instalada a matriz do grupo. O projeto para viabilizar o início das obras está em andamento e a previsão é que a capacidade produtiva mensal da fábrica seja de 35 mil toneladas.

“A região possui grande importância logística para o grupo e a fábrica dará suporte ao abastecimento de nossos avicultores integrados. O investimento também vai ao encontro da ampliação das unidades industriais, que, por consequência, precisará de mais matéria-prima, que está concentrada no campo”, afirma o diretor industrial do GTFoods, Ciliomar Tortola. Para dar suporte à implantação, que deve ter início em novembro, o grupo está buscando referência em empresas na Suíça.

Ampliações

Nas unidades de abate de frango de corte, o processo de ampliação já está praticamente consolidado. Em Paraíso do Norte, a estrutura para dois turnos de 70 mil aves/dia está quase finalizada. Além disso, os recursos do programa Paraná Competitivo estão sendo aplicados na unidade da empresa em Terra Boa, cuja finalidade é abater até 180 mil aves/dia em dois turnos. A fábrica de ração já existente, localizada em Indianópolis, também vai passar por mudanças.

Comemorações

As novidades ditam o otimismo do grupo, que completa 23 anos neste mês de junho. Os investimentos previstos representam um incremento das atividades avícolas da empresa, que também amplia sua atuação. “Estamos nos consolidando entre as maiores do ramo alimentício do país. Chegamos até aqui por meio das estratégias adotadas e, para continuarmos nessa crescente, temos apostado na diversificação da gama de produtos com a incorporação de novos negócios”, destaca o diretor administrativo do GTFoods, Rogério Wagner Martini Gonçalves. A empresa prevê fechar o ano com faturamento de R$ 1,8 bilhão.