O processo de compra de equipamentos para o Hospital de Araucária, que envolve recursos de R$ 7,9 milhões, está quase no fim.


Duas novas licitações foram autorizadas pelo governador Roberto Requião e os editais serão publicados nos próximos dias, de acordo com informações do secretário do Desenvolvimento Urbano, Forte Netto. A aquisição dos equipamentos é financiada integralmente pelo Governo por intermédio do Fundo de Desenvolvimento Urbano (FDU), administrado pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano e pelo Paranacidade, tendo a Agência de Fomento do Paraná (AFPR) como agente financeiro.

Ao mesmo tempo, a construção do hospital, segundo Forte Netto, segue os prazos estabelecidos no contrato e a medição mais recente, realizada na última sexta-feira, indica que cerca de 60% dos trabalhos foram concluídos. Dos R$ 10,8 milhões que estão sendo investidos na obra, R$ 6,5 milhões são financiados pelo Governo do Estado com recursos do Fundo Estadual de Desenvolvimento Urbano (FDU).

Equipamentos – A aquisição de equipamentos para o Hospital de Araucária foi dividida em duas etapas. A primeira, no valor de R$ 3,8 milhões, encontra-se na fase de assinatura de contrato entre a Prefeitura de Araucária e os fornecedores que ganharam a licitação. A segunda etapa, no valor de R$ 4,1 milhões e que compreende dois editais, está na fase de licitação. Os processos licitatórios são realizados pela Prefeitura de Araucária, sob supervisão da Sedu/Paranacidade.

Entre os equipamentos ora licitados estão termodesinfectora, microscópio cirúrgico, berços, incubadoras, carros-maca, Raio X móvel, oftalmoscópio, equipamentos móveis para atendimento de paradas cardiorrespiratórias, ventiladores, monitores, aparelhos de ar-condicionado, conjunto de vídeo-laparoscopia,

HOSPITAL – Com 7.806,37 m2, o Hospital de Araucária terá 129 leitos com UTI geral, pediátrica e neonatal, e berçários e clínicas médica, cirúrgica, pediátrica, de ginecologia e de obstetrícia. Nas instalações do hospital também vai funcionar um Pronto-Socorro 24 horas. Segundo o secretário Forte Netto, esta é uma das 24 obras que fazem parte do programa de saúde idealizado pelo governador Roberto Requião e que está em implantação em todo o Estado.

O Hospital de Araucária terá ainda instalações para a realização de exames e procedimentos especializados em ecografia, raios-X, ecocardiografia, tomografia, laboratório clínico, videolaparoscopia, endoscopia, artroscopia, otorrinolaringologia, oftalmologia, neurocirurgia, ortopoedia e cicloergonometria.

O prefeito de Araucária, Olizandro José Ferreira, informa que a partir de fevereiro do ano que vem, quando município faz aniversário, o hospital estará funcionando.