A VII Jornada Brasileira Na Cidade Sem Meu Carro é tema do seminário que o governo Federal realiza nesta sexta-feira (21), em Brasília.

O objetivo é discutir e elaborar políticas para a construção de cidades ambientalmente sustentáveis, com mais espaços públicos, centradas na qualidade de vida das pessoas. O evento é promovido pelos ministérios das Cidades, do Meio Ambiente, da Cultura, do Esporte, da Saúde e da Educação e começa às 9 horas, no auditório do subsolo do Bloco A da Esplanada.

Durante o seminário, serão abordados temas como a acessibilidade para pessoas com deficiência, o uso racional do automóvel, a implantação de ciclovias e investimentos na infra-estrutura do transporte coletivo. Os seis ministérios vão apresentar programas do governo nessa área e receber propostas dos participantes. Também será lançado o “Caderno de Referência para Elaboração de Plano de Mobilidade por Bicicleta nas Cidades”. O evento é aberto a todos os interessados e a presença deve ser confirmada com antecedência pelo telefone (61) 2108-1660 ou pelo e-mail bicicleta.brasil@cidades.gov.br.

Sem carro – A campanha internacional "Na cidade sem meu carro" é comemorada no dia 22 de setembro. Nessa data, mais de mil cidades de todo o mundo isolam trechos de ruas e praças para que esses locais sejam priorizados como espaços para a convivência. São realizadas atividades recreativas e artísticas, além de distribuídos materiais educativos. Deixar o carro na garagem é outra prática dos adeptos da campanha, que buscam alternativas de transporte no ônibus, na carona solidária, na bicicleta ou a pé.

No Brasil, a Jornada é alavancada pelo Instituto da Mobilidade Sustentável Ruaviva. As cidades que participam do evento são Americana (SP), Belo Horizonte (MG), Belém (PA), Blumenau (SC), Brasília (DF), Camaçari (BA), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Catanduva (SP), Caxias do Sul (RS), Contagem (MG), Criciúma (SC), Cuiabá (MT), Divinópolis (MG), Dois Irmãos (RS), Dourados (MS), Florianópolis (SC), Garibaldi (RS), Guarulhos (SP), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Lavras (MG), Londrina (PR), Maceió (AL), Manaus (AM), Mariana (MG), Monte Carmelo (MG), Montes Claros (MG), Natal (RN), Niterói (RJ), Novo Hamburgo (RS), Osório (RS), Ouro Preto (MG), Pelotas (RS), Piracicaba (SP), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Resende (RJ), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio do Sul (RS), Salvador (BA), Santa Luzia (MG), Santa Maria (RS), Santos (SP), São José do Rio Preto (SP), São José dos Campos (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Terezina (PI), Ubatuba (SP), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Vitória (ES) e Volta Redonda (RJ).