GM e Honda assinam novo acordo na América do Norte

324

A GM e a Honda anunciaram que após longas negociações preliminares, assinaram na quinta-feira, 3, um memorando de entendimento que visa o estabelecimento de uma aliança automotiva na América do Norte, cujo escopo de propostas inclui uma série de ações, como uma nova gama de veículos a serem vendidos sob as marcas distintas de cada empresa, bem como cooperação em compras, pesquisa e desenvolvimento e em serviços conectados.

Além disso, o acordo prevê o compartilhamento de plataformas de veículos e de sistemas de propulsão para diversos segmentos. Em nota, as empresas indicam que a parceria permitirá que ambas as companhias acelerem seus processos de inovação e de implementação de recursos e tecnologias avançadas de próxima geração.

Em comunicado conjunto, as empresas confirmam que as discussões para o planejamento de desenvolvimento conjunto vão começar imediatamente e que o trabalho de engenharia terá início em 2021. Todos os detalhes da aliança serão deliberados por um comitê conjunto, composto por executivos de ambas as organizações.

Este novo anúncio é o avanço de um acordo assinado entre as empresas em abril deste ano para desenvolver em conjunto dois veículos elétricos totalmente novos para a Honda utilizando a plataforma global EV da GM movida por baterias Ultium (leia aqui). A relação entre as duas montadoras começou há mais de duas décadas e atualmente inclui recentes colaborações nas áreas de células de combustível, baterias e o modelo autônomo compartilhado Cruise Origin.

“Esta aliança ajudará as duas empresas a acelerar o investimento em futuras inovações em mobilidade, disponibilizando recursos adicionais. Dado nosso forte histórico de colaboração, as empresas perceberam sinergias significativas no desenvolvimento do portfólio atual de veículos”, declarou Mark Reuss, presidente da General Motors.

O compartilhamento de custos de engenharia ajudará a criar eficiências financeiras, permitindo que ambas atendam às necessidades crescentes de investimento em várias tendências de mobilidade futuras. A colaboração nas atividades de compras visa criar mais eficiências de custo, aproveitando a escala, e será focada na aquisição conjunta de materiais, custos logísticos e estratégias de localização.

Em P&D, as empresas pretendem explorar a combinação dos esforços nas áreas de tecnologia avançada, incluindo arquitetura elétrica, sistemas avançados de assistência ao motorista, infoentretenimento, conectividade e comunicação de veículo para tudo.

Em abril, elas já haviam dito que a Honda irá incorporar os serviços de segurança, emergência e serviços conectados do OnStar da GM aos dois veículos elétricos totalmente novos da marca com base na plataforma EV global da GM, integrando-os com o HondaLink. Com base nessa ação, GM e Honda pretendem identificar novas oportunidades de desenvolvimento conjunto de futuros serviços de conectividade e infoentretenimento.

Baixe agora o Estar Digital Curitiba
Estacionamento Rotativo URBS