Funcionária do Carrefour que filmou assassinato de João Alberto é presa

378

Nesta terça-feira (24), a Polícia Civil prendeu a terceira pessoa envolvida no espancamento seguido da morte de João Alberto Silveira Freitas no Carrefour na última quinta (19), relata o G1.

De acordo com o veículo, Adriana Alves Dutra foi detida temporariamente. A delegada Vanessa Pitrez disse que acredita que a mulher teve participação decisiva nas agressões que João Alberto sofreu. Isso porque a mulher teria poder de comando sob os dois seguranças. Adriana trabalha como agente de fiscalização do estabelecimento.
No vídeo que flagra as agressões, Adriana aparece filmando a cena. Um motoboy ouvido pela delegada disse que foi ameaçada pela funcionária.