Ford apresenta o Bronco

290
Bronco Sport, Bronco 2 portas e Bronco 4 portas

A Ford apresentou seu novo SUV global, o Bronco, com o qual recupera o nome de um modelo que foi vendido no mercado americano entre 1966 e 1996 e fez história por lá. Agora, porém, a Ford aposta no Bronco como uma marca à parte, tanto que os integrantes da família (serão três configurações disponíveis: duas portas, quatro portas e Sport) sequer trazem o emblema da fabricante de Detroit no capô.

Com visual inspirado no veículo original, de 1966, e estilo robusto, o novo Ford Bronco traz, em todas as versões, tração integral com acionamento eletrônico, enquanto a motorização oferecida em duas opções, ambas EcoBoost (turbo): 1.5 de três cilindros, capaz de gerar 184 cavalos, e quatro-cilindros de 2 litros, com 248 cavalos. O câmbio é sempre automático de oito marchas, com opção de trocas por borboletas junto ao volante.

Ford Bronco pode, futuramente, chegar ao Brasil

Apresentado como modelo global, o Ford Bronco pode, futuramente, chegar ao Brasil, já que a montadora tem planos de diversificar seu portfólio de SUVs e ainda não possui um representante desse porte por aqui, mas a sua vinda é dificultada pelo dólar em alta. A solução seria o carro ser produzido no México, mas, até o momento, a Ford anunciou que o novo SUV será feito apenas na fábrica de Wayne, Michigan, no início de 2021, com a chegada às lojas americanas prevista para meados do ano. Assim, qualquer novidade para o mercado brasileiro (ou sul-americano) deve demorar um pouco mais.