O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, negociou com 16 editoras a compra de 128,4 mi de livros para os programas Nacional do Livro Didático.

Voltado para o ensino fundamental, e Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (Pnlem), que serão utilizados pelos alunos da rede pública em 2008.
Para a aquisição dos livros didáticos, o fundo vai investir R$ 746,4 milhões. As obras serão produzidas pelas editoras Moderna, FTD, Ática, Saraiva, Scipione, Positivo, do Brasil, Escala, Ibep, Base, Dimensão, Sarandi, Nova Geração, Casa Publicadora, Educarte e Cia. da Escola. As editoras têm prazo até 10 de janeiro de 2008 para concluir a entrega dos exemplares.
Os livros que serão produzidos são das disciplinas de história e química para as três séries do ensino médio, para a grade completa do ensino fundamental de 5ª a 8ª série (ou 6ª a 9ª), e livros para a 1ª série do ensino fundamental, adquiridos anualmente por serem classificados como consumíveis. Para o ensino fundamental são livros de língua portuguesa, matemática, ciências, história e geografia.
Reposição ? Além da aquisição dos livros da grade completa para as séries finais do ensino fundamental e das obras de história e química para o ensino médio, fazem parte do pacote negociado livros para complementação de alunos ingressantes e para reposição do material danificado ou extraviado. São obras de língua portuguesa, matemática e biologia para o ensino médio; e de língua portuguesa, matemática, ciências, história e geografia para as classes de 2ª a 4ª série do ensino fundamental. (Lucy Cardoso).