Líderes do governo americano e seus aliados têm esperança de conseguir dissuadir autoridades da Coreia do Norte de conduzir mais testes de mísseis e outras provocações.

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, se encontrou com o ministro das Relações Exteriores da Coreia do Sul, Park Jin, na segunda-feira em Washington para discutir sua “dissuasão estendida”. Blinken disse que o objetivo dos dois países é manter uma “região estável e pacífica”. Disse que eles iriam continuar pressionando até que as autoridades em Pyongyang mudem sua atitude.

Park declarou que qualquer provocação – incluindo um teste nuclear – seria recebida com uma “resposta firme e unificada”.

Blinken e Park afirmaram que ainda estão abertos ao diálogo. No entanto, eles reavivaram um grupo estratégico que havia sido criado para dissuadir os norte-coreanos. Eles reintroduziram um acordo com o Japão, conhecido como GSOMIA, para compartilhar inteligência.

No mês passado, o governo do presidente americano Joe Biden impôs novas sanções sobre a Coreia do Norte. Blinken disse que os EUA estão preparados para impor mais penalizações.

Com sites