Enfim, o primeiro reajuste do ano na comercialização de ovos

220

A recuperação lenta, porém, constante no mercado varejista foi ajustando as disponibilidades existentes e gerando, aos poucos, equilíbrio entre oferta e demanda. E isso começou a criar expectativas e disputa por novos reajustes que, enfim, logrou êxito.

Com o aumento – 1º da semana do mês e do ano – o preço médio diário da caixa de ovos brancos no atacado da cidade de São Paulo apenas retorna ao mesmo valor do segundo dia de negócios da semana passada quando os preços estavam declinando. E, mesmo em elevação, o preço recebido ainda se encontra 9,3% abaixo do praticado no último dia de negócios do ano passado.

As disponibilidades ajustadas na base de produção e os preços recebidos extremamente onerosos devem motivar os produtores de ovos a pressionarem por novos reajustes no curto prazo. O mesmo período do último biênio foi caracterizado por reajustes.

Fonte: OvoSite