Empresário é preso suspeito de vender R$ 1 milhão pela internet e não entregar produtos

245
Foto: PCPR

Um empresário de Curitiba foi preso, na manhã desta quinta-feira (10), suspeito de vender mercadorias que não existiam em um site renomado e popular de e-commerce do Brasil. Além da prisão preventiva do suspeito, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) informou que cumpriu ainda oito mandados de busca e apreensão na capital paranaense, e nos municípios de Araucária e São João do Ivaí.

O empresário*, preso em Curitiba, é um dos suspeitos de vender produtos eletrônicos, utilizando o nome dessa grande marca de varejo**. Após realizarem as compras, os clientes não recebiam os produtos.

A empresa de varejo ressarciu as vítimas, o que gerou um prejuízo de R$ 1 milhão para a instituição.

Confira todos os dados em: Banda B