Dólar sobe nesta 6ª, mas fecha julho com maior queda mensal do ano

301

O dólar fechou em firme alta ante o real nesta sexta-feira, mas ainda acumulou no mês a maior queda do ano, puxado pelo enfraquecimento generalizado da moeda norte-americana em julho em meio à farta liquidez e a dúvidas sobre a superioridade da recuperação norte-americana ante outras economias.

Nesta sexta-feira, o dólar à vista subiu 1,15%, a 5,2185 reais na venda. Em julho, a moeda caiu 4,07%, maior baixa mensal desde dezembro de 2019 (-5,37%).

Em 2020, a cotação ainda sobe 30,04%, o que deixa o real com o pior desempenho global no período.

De maneira geral, o cenário ainda é turvo, mas não se espera que o real volte a sofrer depreciações como a que levou a moeda para perto de 6 reais por dólar em meados de maio.

Reuters