O dólar disparou para o maior nível em quase cinco meses contra o real nesta sexta-feira, acompanhando a soberania da moeda norte-americana nos mercados globais diante de temores econômicos, mas também refletindo incertezas fiscais domésticas após avanço de PEC de “bondades” no Congresso.

A moeda norte-americana à vista avançou 1,73%, a 5,3215 reais na venda, cotação mais alta para um encerramento desde 4 de fevereiro (5,3249 reais). Na semana, quinta seguida de valorização, a moeda subiu 1,33%.

Na B3, às 17:01 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 1,27%, a 5,3635 reais.

Fonte: Reuters