O dólar avançou pelo sétimo pregão seguido e renovou sua maior cotação em um mês contra o real nesta terça-feira, acompanhando o salto da moeda norte-americana no exterior para os maiores patamares em duas décadas, um dia antes de o que pode vir a ser o maior aumento de juros nos Estados Unidos em 28 anos.

A moeda norte-americana à vista avançou 0,43%, a 5,1341 reais, maior patamar para encerramento desde 12 de maio(5,1424), depois de oscilar entre 5,0868 reais na cotação mínima (-0,49%) e 5,1525 reais na máxima da sessão (+0,79%).

Fonte: Reuters