Dia de flores e vinhos (à distância)

378

Para o Dia Internacional da Mulher, a Esalfllores preparou estoque e  logística para vendas remotas, devido às restrições do comércio em Curitiba diante da pandemia.  Diversas opções de buquês e arranjos em embalagens especiais, além de centenas de opções de plantas ornamentais,  podem ser adquiridas via e-commerce, televendas ou WhatsApp.

O diretor geral da floricultura, Bruno Esperança, garante: “Com certeza, aqueles que desejam homenagear as mulheres vão encontrar inúmeras alternativas para todos os gostos e bolsos, com o melhor em qualidade, preço justo e, neste momento, com a possibilidade de adquirir qualquer produto das nossas lojas sem precisar sair de casa”.

A Esalflores conta com unidades fixas nas cidades de Curitiba e São Paulo. Mais informações no site www.esalflores.com.br ou (41) 3091-0403.

Com  fechamento de bares e restaurantes, curtir um bom vinho em casa é um bom programa para festejar o dia. E vai uma dica: as opções de delivery disponíveis na Loja Vino! reúnem mais de 70 rótulos em promoção, com descontos que chegam até 50%.

Só esses exemplos para se ter uma ideia da promoção: o Casa Del Lago Cabernet Sauvignon, um tinto chileno bem frutado, que pode tanto acompanhar carnes de javali quanto uma lasanha, sai de R$ 89 por R$ 69. E o argentino Nation N2 Malbec, de uvas que amadurecem por três meses em barricas de carvalho francês , sai  107 para 79 reais. E a parceria da loja com vinícola Quinta Don Bonifácio, na Serra Gaúcha, resulta na linha Vino! Curadoria, destacando-se o Vino! Rosé, de 89 por  59 reais, e o Vino! Branco , de também de 89por  59 reais. Já que é para comemorar, uma sugestão: Espumantes Vino!, nas versões Brut, Rosé e Moscatel — este último, premiado no concurso Wine South America Awards 2019. Cada garrafa sai de  69 por  39 reais. Tin-tin.

O link direto para a loja em www.goomer.app/vino-bar-loja-de-vinhos. Pode-se ainda entrar em contato via WhatsApp, pelo (41) 98499-6022. Entregas gratuitas para Curitiba.

Parece heresia, mas é possível encontrar vinhos também em latas, normalmente decoradas, sendo um gesto de carinho no Dia da Mulher.  Para Elizama Oliveira, fundadora e sommelière do e-commerce Empório Wine Shop, essa opção pode ganhar o apreço do público mais jovens e “por conta da praticidade dessa nova embalagem as pessoas podem criar um hábito de tomar vinho com mais opções em casa”. Confira pelo instagram @wineshoop ou pelo www.emporiowineshop.com.br

Proteger pele e cabelos sem agredir

A marca curitibana Nesh Cosméticos, especializada em produtos veganos com ativos naturais e orgânicos, desenvolveu o protetor solar Sunnature Nesh (FPS 30), indicado para todos os tipos de pele, para rosto, colo e mãos. Sua fórmula mais biodegradável, sem silicone ou filtros hidrossolúveis, é mais difícil de ser assimilada por organismos marinhos, limitando assim os danos ambientais causados pela sua utilização.

Os protetores solares não biodegradáveis são um dos principais poluidores dos oceanos: cerca de vinte ingredientes químicos presentes na composição da maioria das fórmulas contaminam as águas e agridem os ecossistemas marinhos. Estima-se que 14 mil toneladas de protetor solar vão parar anualmente nos rios e oceanos. Seu uso é até proibido em Fernando de Noronha e no Jalapão.

Até que se regulamente a proibição de protetores solares que contenham componentes nocivos à natureza, a escolha recai no consumidor.  “Ao evitar protetores solares com esses elementos, você contribui para a proteção do meio marinho e a redução dos danos causados aos recifes de corais, além, é claro, de proteger sua pele de forma consciente”, observa Thiago Pissaia, idealizador e consultor do projeto ao lado de Talita Rinaldi.

(Produtos disponíveis no site www.neshstore.com.br, com entrega em todo Brasil).

Já a Souvie, marca de cosméticos orgânicos que Caroline Villar e Breno Bitencourtt estabeleceram no interior de São Paulo, apresenta o Shampoo Organic e o Condicionador-Poo 25/45, além de duas versões de óleos capilares nutriente.

Esses produtos veganos se encaixam na recomendação da dermatologista Andreia Frange, especialista em couro cabeludo. Para recuperar fios de cabelos expostos ao sol e ao sal, “um bom início é dar adeus a xampus e condicionadores que possuem derivados de petróleo. Isso porque esses componentes impedem ou dificultam a reposição de nutrientes e a respiração dos fios”, ensina, recomendando o uso de opções orgânicas que dispensam petrolatos, óleo mineral, vaselina, etc.