O número é maior que no feriado prolongado de 2006, quando tinham sido computados 236 acidentes, que resultaram em 203 pessoas feridas e 13 mortes

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) registrou, na Operação Independência deste ano, 276 acidentes, com 303 pessoas feridas e 17 mortas, nas estradas paranaenses, fiscalizadas pela Polícia Militar. O número é maior que no feriado prolongado de 2006, quando tinham sido computados 236 acidentes, que resultaram em 203 pessoas feridas e 13 mortes.
São vários os fatores apontados pelo BPRv para estes resultados: o tempo bom favoreceu o aumento do fluxo de veículos em todo o Paraná, em média de 50%, e, principalmente, a possível imprudência e a imperícia dos motoristas. “Por mais que tenhamos atuado no sentido de prevenção, esse número de acidentes demonstra que falta conscientização à população. Infelizmente muitos motoristas usam o carro mais como arma do que como meio de transporte”, lamentou o capitão Naasson Polak, do setor de Planejamento e Operações do BPRv.
Polak explicou que o Batalhão de Polícia Rodoviária da PM aumentou em quase 60% o efetivo em algumas regiões do Paraná, durante a Operação Independência. No litoral, o aumento no efetivo foi ainda maior, haja vista que o fluxo de veículo sempre tende a aumentar, nesse ano foram 90 mil veículos, contra 60 mil do ano passado. “Nossas companhias realizam, constantemente, campanhas e palestras educativas de conscientização de trânsito em empresas, escolas, clubes, igrejas e outras instituições. Mesmo com tudo isso, em períodos como esse, os acidentes continuam acontecendo”, comentou ele.