Construtora paranaense está entre as melhores empresas para trabalhar no Brasil

355

Grupo A.Yoshii se classificou pela primeira vez no ranking nacional do Great Place to Work

Construtora paranaense está entre as melhores empresas para trabalhar no BrasilApós aparecer por cinco anos no ranking do Paraná do Great Place To Work (GPTW), o Grupo A.Yoshii está agora entre as melhores empresas para trabalhar do Brasil de 2020. A pesquisa, realizada entre os colaboradores por auditores externos, pontua diversos aspectos das empresas, como clima organizacional, remuneração, benefícios, oportunidade de crescimento, infraestrutura, transparência na gestão e autonomia dos colaboradores.

O diretor-executivo de Pessoas da A.Yoshii, Aparecido Siqueira, afirma que estar na categoria nacional é uma grande conquista para a empresa. “Estar entre as 150 melhores empresas para se trabalhar no País é uma honra. O resultado é fruto de uma evolução constante da nossa política de gestão de pessoas. Aperfeiçoamos ainda mais nossas regras e nossa transparência e adotamos um mesmo padrão em todas as unidades da A.Yoshii”, revela.

O Instituto GPTW selecionou colaboradores de diferentes departamentos, tanto administrativo quanto de obras, sem que a empresa tivesse acesso a qualquer nome ou questionário de avaliação. Os colaboradores responderam de forma anônima, segundo as próprias percepções que têm da empresa. O processo ocorreu no mais absoluto sigilo, com classificação anunciada apenas no resultado final.

Para Siqueira, alguns diferenciais da A.Yoshii contribuíram para a entrada da construtora no ranking nacional. “Tenho como certo que um dos principais fatores que colocaram a construtora entre as melhores do Brasil foi o investimento que fizemos em treinamentos em 2019, visando, acima de tudo, a qualidade de vida dos nossos profissionais. Trabalhamos para que eles se sintam, cada dia mais, parte vital da empresa, engajados em todo o processo. Além disso, nossa cultura e valores são a base de nossas conquistas, especialmente o ranking do GPTW e de outros reconhecimentos de RH que recebemos”, destaca.

Com informações da Assessoria e imagem da CCIBJ do PR/Divulgação AYOSHII