Brunch no Dia dos Pais

 

 

 

 

Os dois restaurantes dos novos hotéis curitibanos, Qoya e Suryaa, vão estrear o brunch de domingo, homenageando o Dia dos Pais, 14 de agosto. Haverá tanto bufê como a la carte, com cardápio do festejado chef Jaime Spazzini, adepto do Slow Food, movimento que exalta o bem comer, os produtos, produtores locais e se atém aos cuidados ambientais.

O bufê do Koré é uma festa de sabores: saladas, conservas, frutas, frios, queijos, iogurtes (grego, frutas, natural e desnatado). pães (brioche, francês fermentação natural, croissant e pão de leite), cereais, quiche Lorraine,bolos e doces como bolo de nozes sem glúten e bomba de chocolate com caramelo salgado. E também imperdíveis pratos quentes: mignon grelhado ao molho madeira, costeleta de porco assada com molho de whisky, risoto de aspargos com queijo Serra da Canastra e raviolone de abóbora ao molho de manteiga queimada e amêndoas.

Mesmo assim, Jaime Spazzini criou o cardápio do café da manhã para quem prefere a la carte e ainda com direito ao bufê: ovos Benedict, omelete de polvo com bottarga, sanduíche de peixe empanado. choripan com linguiça de porco moura, polvo a la plancha com arroz bomba, risoto de camarão com barriga de porco, croquete de rabada com emulsão de agrião, ratatouille, bolinho de legumes com tandoori e carré de cordeiro ao molho de vinho branco. De sobremesa, panqueca com espuma de baunilha e mirtilo, suflê de chocolate com toffee e café, torta de limão galego e kulfi (sorvete de cenoura com cardamomo).

No Koré Qoya cada cliente escolhe uma cerveja ou taça de vinho de cortesia. As demais bebidas são cobradas à parte e incluem cafés, leite, chás, água e sucos.

 Anote

Brunch de Dia dos Pais no Koré do Qoya, das 12h às 15h

Data: 14/08/2022 e depois seguirá todos os domingos

Valor: R$ 320 + 10% por pessoa | crianças até 5 anos cortesia | de 6 a 11 anos, 50% do valor | estacionamento cortesia | Pagamento antecipado

Reservas: WhatsApp (41) 3340-4070 | e-mail reservas1@hcchotels.com.br

Qoya Hotel Curitiba: 7 de Setembro, 4.211 – Batel

Brunch dia 14 no Suryaa Lifestyle Hotel das 11h30 às 15h

Rua Jaguariaíva, 344 – Alphaville Graciosa, Pinhais

Uma cozinha slow food

 

O chef Jaime Spazzini inaugurou o Koré em abril dando ênfase à sazonalidade dos produtos. Assim, o que não é muito usual em restaurantes de hotel, vai trocar os pratos, seguindo as estações do ano.  No entanto vão permanecer os preferidos do público. E três já estão eleitos: Polvo a la plancha com arroz bomba cremoso e tostado, creme de pimentões, tomate com pimenta, crisp de batata, acelga e presunto parma (R$ 135), Pancetta e o vegetariano Gnocchi de mandioquinha com creme de cogumelos frescos, tomilho e ricota cremosa (R$ 89).

Ah, e a feijoada? “Não vamos concorrer com a gente mesmo”, responde o chef. Assim, se essa for a opção, o restaurante do Radisson, hotel da mesma rede, serve seu imbatível feijão de sábado.

Tem Koré (de Coretuba, nome tupi de Curitiba) no Qoya Hotel, área central, e no Suryaa, inaugurado em julho no Alphaville Graciosa.

Mas, além do menu que acompanha as mudanças sazonais, o chef mantém os pratos internacionais para hóspedes que preferem refeições no quarto, como foi o caso da cantora Gal Costa em recente passagem pela cidade.

“Com a internacionalização da gastronomia, muita coisa se perdeu. Qualquer localidade tem muito para resgatar”, diz o chef. “E quanto à qualidade do ingrediente próximo não tem nem o que discutir”. E descreve: “Nosso purê de abóbora, por exemplo, é basicamente abóbora, azeite e temperos. Trabalhamos com técnicas que realçam o sabor. É um processo um pouco mais trabalhoso, mas tem o sabor da abóbora defumada”.

Há opções para restrições alimentares em todas as refeições. No cardápio do almoço e jantar, há entradas, pratos principais e sobremesas sem glúten, sem lactose, vegetarianos e veganos. Há dois pratos principais veganos: Alface manteiga, flores, vinagrete de cevadinha, tomates confitados, castanhas e aspargos glaceados com laranja e mel de jataí (R$ 69) e Cenouras e aspargos confitados, demi glace vegano, creme de castanhas e couve-flor laqueada (R$ 76). Como sobremesa, sorbet de frutas vermelhas com calda de manjericão (R$ 32).

No Koré, é quase tudo à base do feito aqui: geleias, manteigas, picles, massas, molhos, porcionamentos de carnes são produções próprias. O pouco que compra pronto vem de pequenos produtores, que também fazem de forma artesanal, incluindo a louça do restaurante, os uniformes e os jogos americanos.

Anote

Av. Sete de Setembro, 4.211, Batel – Curitiba

Café da manhã: segunda a sexta das 6 às 10h | sábados, domingos e feriados, das 6 às 10h30

Almoço e jantar: das 12 às 22h

WhatsApp: (41) 3340-4000

recepcao.qoya@hcchotels.com.br

 Paraná dentro do copo

Ainda no quesito comes&bebes, o saguão do hotel Qoya dispõe de um elegante e convidativo bar, que serve drinques tradicionais, mas é de se conhecer os desenvolvidos especialmente para a casa por Lukas Siqueira, da Eat Kitchen Lab.

“Nos preocupamos em surpreender o cliente e exaltar o produto local”, diz o requisitado barman. A gerente geral do hotel, Isabela Meyer, e o gerente de Alimentos&Bebidas, Alberto Rocha, observam que o bar segue os conceitos de bem-estar do Qoya e de gastronomia do Koré.

Na coquetelaria, Lukas destaca Serra da Bananeira, uma espécie de caipirinha com cachaça de Morretes, bala de banana infusionada com mate orgânico. Para o chef Jaime Spazzini, “é o litoral do Paraná dentro do copo”.

De aperitivos, opções como a curitibana carne de onça, bolinho de panceta de porco Moura com camarão, polvo salteado ao alho (sem glúten e sem lactose), o vegano legumes orgânicos em tempurá com fubá e o vegetariano pastéis de queijo Comté, entre outras criações de Spazzini.

Anote

Restaurante e Bar Koré – Qoya Hotel Curitiba

Av. Sete de Setembro, 4.211, Batel

Café da manhã: segundas a sextas das 6h às 10h | sábados, domingos e feriados, das 6h às 10h30

Almoço e jantar: das 12h às 22h

WhatsApp: (41) 3340-4000

recepcao.qoya@hcchotels.com.br

Hotel conceitual

O Qoya Hotel, endereço original do Sheraton em Curitiba, é hoje um empreendimento de luxo da rede paranaense HCC Hotels, o primeiro de marca própria da operadora no mercado. Passou por uma profunda reforma física e conceitual e traz agora o nome inspirado na palavra quéchua que designava as soberanas do antigo povo Inca.

Apresenta uma nova concepção de hospedagem ao unir a ideia de luxo e contemporaneidade a conceitos ligados ao refúgio espiritual e à atemporalidade.

 

O projeto interno e externo propicia ao hóspede a sensação de conexão com a natureza por meio da biofilia e o conforto de estar em casa. A aplicação se estende desde o atendimento acolhedor às opções de serviço, passando por uma concepção de ambientes internos voltada para o descanso, a desaceleração e a conexão entre pessoas.

Os móveis são personalíssimos, da pedra-pia do banheiro aos armários trançados com metal, da luminária ao teto arredondado sobre a cama.