Comes&Bebes/ CarinaE Viñedos y Bodega

267

Brinde com vinho argentino

Mesmo com o luto nos lares brasileiros e restrições por conta da pandemia, o  Dia das Mães celebra a vida. E viver virou ato de resistência. Para brindar, um vinho no almoço dominical e o sommelier Jonas Martins, diretor comercial da MMV Importadora de Vinhos, sugere uma seleção de vinhos oriundos da vinícola argentina CarinaE Viñedos y Bodega.

Da microrregião de Cruz de Piedra, Maipú, a vinícola CarinaE data de 2003, fundada pelo casal francês Brigitte e Philippe Subra. Jonas Martins lembra que o nome CarinaE é referência à constelação de mesmo nome. A assessoria da equipe do enólogo francês Michel Rolland garantiu “uma excelência a nível mundial”.

Três tipos de uvas são cultivados: Syrah, Malbec e Cabernet Sauvignon. Diz ainda o sommelier: Os vinhos da região de Maipú, por conta do clima seco e terroir, normalmente são encorpados e apresentam uma finalização mais longa e adocicada. O fato dos vinhos CarinaE apresentarem o final seco mostra como a produção é extremamente cuidadosa e bem-feita.

No portfólio da MMV, encontram-se oito vinhos:

O Harmonie Syrah passa por uma maceração pré-fermentativa de 7 dias e envelhecimento de 12 meses em barril de carvalho francês. Recomenda-se decantar. Já o Odile Cabernet Sauvignon não passa por barris de carvalho, mesmo assim também apresenta alto potencial de guarda com aromas ricos de frutas e seco em boca. O Le Petit Malbec  tem tom vermelho-rubi de média intensidade e seus aromas lembram frutas silvestres frescas, como groselha e moranguinho, com toque de especiarias. Revela macio em boca.

Finca Deneza e o Harmonie Malbec são dois vinhos 100% malbec, vermelho-rubi intenso, frutais,  redondo em boca, com a madeira evidente. A principal diferença entre eles é a procedência da uva: o Finca Deneza é produzido com uvas  de Perdriel, Lujan de Cuyo, enquanto o Harmonie tem 50% das uvas cultivadas em Perdriel e 50% em Cruz de Piedra.