Adélia Maria Lopes

A turnê festeja os 80 anos do leonino compositor, que serão completados em 7 de agosto.

Em 30 e 31 de julho, com direito a sessão extra, Caetano Veloso vai ao palco do Guairão com o show da turnê Meu Coco. No repertório, 25 canções, desde Avarandado, de 1967, às do novo álbum. Não, Divino Maravilhoso, de 68, não está no rol. E bem serviria novamente para nossos tempos atuais em que “É preciso estar atento e forte/Não temos tempo pra temer a morte”. Caetano optou pela alegre convocação de Odara (exu da felicidade e deus hindu da paz), cantada no bis.

Meu Coco, seu 13ºdisco de estúdio foi lançado no ano passado, sendo o primeiro de inéditas desde 2012. “No show, procuro juntar peças marcantes do álbum com obras que registrem momentos históricos do meu trabalho”, disse antes de ir para a estrada.

A turnê nacional começou no mês de abril, em Belo Horizonte, e desde então abrir sessão extra tornou-se uma obrigação para atender os fãs saudosos – derradeira turnê solo data de 2013 (Abraçaço). E por onde passou precisou reagendar futuras apresentações, até novembro.

Já levado para Porto Alegre (RS), Itaipava (RJ), São Paulo (RJ), Salvador (BA), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília, o show tem direção musical de Caetano e de Lucas Nunes (guitarra, violão e teclados). A banda se completa com Pretinho da Serrinha (percussão). Alberto Continentino (baixo), Kainã do Jêje (bateria e percussão), Rodrigo Tavares (teclados) e Thiago da Serrinha (bateria, teclados).

Hélio Eichbauer, que vinha fazendo os cenários dos shows de Caetano desde O Estrangeiro (1989), morreu repentinamente em 2018, mas deixou o pronto um esboço, depois adaptado por seu assistente, Luiz Henrique. No palco, Caetano conta o fato e diz que o show é também uma homenagem ao cenógrafo, que foi casado com Dedé Gadelha, sim, ela, mãe de Moreno Veloso.

O disco Meu Coco contém doze músicas, já galgando popularidade Anjos Tronchos e Sem Samba Não Dá. Mas o show termina com a dançante Lua de São Jorge, afinal é para tudo ficar Odara, e a plateia gritando o refrão nacional “forabolsonaro”.

Anote

Com realização da Prime, em Curitiba no sábado (30) às 21h15, e domingo (31), sessão extra às 19h30, no Guairão.

Ingressos a partir de 110 reais (meia-entrada) + taxa adm, de acordo com o setor.  Aquisição pelo Disk Ingressos, no Ventura Shopping, pelo (41) 33150808, no Hotel Mabu (de seg. a sáb., das 10h às 14h, e das 15h às 18h), e no Clube Curitibano.