A nova usina, que fica em uma área de 111 mil metros quadrados, produzirá 140 toneladas de asfalto por hora


Curitiba terá uma nova usina de asfalto, no bairro Abranches. A Usina de Asfalto Gilberto Coelho, em fase final de construção, agilizará as obras de pavimentação e manutenção viária feitas pela Prefeitura. "As demandas da população serão atendidas mais rapidamente. Será possível asfaltar mais ruas, acabando com a poeira e lama na frente das casas, deixando a cidade cada vez melhor", afirma o prefeito Beto Richa.
A nova usina, que fica em uma área de 111 mil metros quadrados, produzirá 140 toneladas de asfalto por hora. Atualmente, a usina de asfalto da CIC, adquirida em 1989, produz por hora 60 toneladas. O novo equipamento, considerado um dos mais modernos e ambientalmente corretos do mercado, aproveitará resíduos da fresagem (asfalto antigo retirado da rua). Também poderá fabricar produto com base de borracha.
O secretário municipal de Obras Públicas, Mário Tookuni, aponta outra vantagem: redução da distância de coleta de asfalto. Hoje, para serviços de pavimentação na Regional Boa Vista o caminhão tem que buscar asfalto na usina da CIC, percorrendo 30 quilômetros e cruzando a região central da cidade.
"Com a usina do Abranches, a distância vai cair pela metade. Isto representará menor consumo de combustível, rapidez e a utilização de um produto de melhor qualidade, porque o asfalto chegará na temperatura correta", diz Tookuni.