Bueno defende reforma administrativa com respeito aos direitos e regulamentação do teto

282

Uma reforma administrativa ampla e urgente, mas que preserve direitos. Essa é a posição do deputado federal Rubens Bueno, que sempre defendeu a modernização da estrutura do Estado brasileiro para dar mais agilidade aos serviços públicos e cortar privilégios e excessos que hoje se proliferam na máquina pública e que custam bilhões aos contribuintes.

Paralelo a apreciação da reforma, o parlamentar defende a votação urgente do projeto que regulamenta o teto salarial do serviço público e acaba com os chamados “supersalários”. O deputado é o relator da matéria que está pronta para ser apreciada pelo plenário da Câmara.

Já com relação a reforma administrativa, o parlamentar pondera que será preciso analisar minuciosamente o texto entregue pelo governo para que se possa sugerir aprimoramentos e cortar qualquer ponto que configure algum tipo de injustiça.

O parlamentar também destacou que espera a aprovação da PEC de sua autoria, que acaba com as férias de 60 dias no serviço público, em especial para magistrados e integrantes do Ministério Público.
Com informações da Assessoria