O Bitcoin subiu nesta terça-feira (21) depois que uma série de manchetes negativas levaram a criptomoeda a uma nova baixa de 2022 no fim de semana.

O preço do bitcoin saltou mais de 7% para US$ 21.617,70 por volta das 10h50 ET, de acordo com a Coin Metrics. No fim de semana, caiu para US$ 17.958,05. Essa foi a menor queda desde dezembro de 2020.

Enquanto isso, o éter subiu mais de 7%, para US$ 1.185,17. Os movimentos chegam logo após as manchetes de baixa para o setor de criptomoedas que começaram com a pressão das forças macroeconômicas. Os preços no atacado subiram em um ritmo anual quase recorde na semana passada e o Federal Reserve elevou sua taxa básica de juros em três quartos de ponto percentual, o maior aumento desde 1994.

Empresas de criptomoedas, incluindo Coinbase e BlockFi , estão demitindo funcionários. Os credores de criptomoedas, que prometem aos usuários altos rendimentos para depositar suas moedas digitais, estão provocando temores de insolvência .

Como no mercado de ações, os investidores estão andando levemente em torno dos saltos do mercado de baixa, com alguns antecipando que as criptomoedas podem cair ainda mais antes de ver uma recuperação significativa.

Com sites