Banco Bari lança conta digital com funcionalidades inéditas

264

Especializado em crédito com garantia, o Banco Bari pertence ao Grupo Barigui, tradicional grupo financeiro de Curitiba e o maior revendedor de automóveis novos e seminovos do Sul do Brasil

Após homologação de todos sistemas e soft launch para clientes convidados, o banco digital Bari, pertencente ao Grupo Barigui, de Curitiba, lança a sua conta digital.

Com serviços como Pix, saques, extratos, pagamentos, transferências, recebimento de valores, cartões múltiplos (débito e crédito) com bandeira Elo e investimentos, a conta digital do Bari traz funções inovadoras, que ajudam os clientes a poupar e controlar as despesas de um jeito simples, direto na tela do celular.

Além de possuir uma interface muito moderna e intuitiva, a Multiconta do Banco Barientrega ao cliente a possibilidade de criar contas Controle e contas Objetivo,que são atreladas a conta principal. Com a conta Controle, o cliente organiza e controla os gastos, separando o orçamento para despesas específicas, como mercado, farmácia e até mesmo a mesada dos filhos. A opção permite a emissão de um cartão de débito adicional e, no caso da mesada, pode inclusive levar o nome dos filhos, por exemplo.

A opção Objetivo é indicada para a realização de planos de médio e longo prazo, como viagens e compra de automóveis. O cliente determina a sua meta, estabelece um valor a ser atingido, define aportes mensais e uma data-alvo para realizar seu sonho, e o aplicativo faz o resto. Nesta opção, os recursos são remunerados em 100% do CDI.

O cliente tem ainda o Baricard, cartão de crédito internacional com bandeira ELO Grafite e pontos Livelo, e o Barinvest, área de investimentos com produtos de renda fixa, como Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) e Certificados de Depósito Bancário (CDBs). Em breve será disponibilizada uma área completa de investimentos, com a inclusão de mais produtos, como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs).

“Apesar das dificuldades de um ano muito particular, o banco e a companhia hipotecária continuaram crescendo com boa rentabilidade”, explica Rodrigo Pinheiro, CEO e co-fundador da instituição. O executivo ressalta o bom resultado em um ano atípico, devido à pandemia da Covid-19, e os altos investimentos em

Mais informações: www.bancobari.com.br.

Reinvenção nas operadoras de transporte viário

Empresa Princesa dos Campos está na parceria

A Arca Mobility as a Service, empresa de tecnologia referência em soluções para mobilidade, que está reinventando o setor de viagens e transportes no Brasil, acaba de fechar parceria com três importantes operadoras do setor que operam em linhas nos Estados do Sul.

Por meio da tecnologia, a Arca reúne dentro da plataforma Embarca , a modernidade de um serviço 100% digital, que oferece economia, otimização de tempo, praticidade na hora da compra, conforto e segurança, aliado ao tradicionalismo das frotas de ônibus das empresas Santo Anjo, Princesa dos Campos e Garcia- Brasil Sul, todas com mais 80 anos de histórias.

“Somos a primeira e única plataforma digital a oferecer segurança, qualidade e comodidade dentro de um único serviço que conta com a chancela de grandes empresas rodoviárias. Nosso objetivo é continuar construindo oportunidades de desenvolvimento para o mercado viário, priorizando sempre o passageiro”, afirma Felipe Gulin CEO da Arca Mobility As A Service”.

Todos os ônibus que compõem a parceria entre as operadoras e a plataforma, são equipados com tomadas individuais para entrada de USB, possuem apoio para pernas, poltronas reclináveis e mais espaçamento entre elas, além de ar-condicionado. Outro diferencial importante disponibilizado pela Embarca durante as viagens é o acesso gratuito ao wi-fi, entretenimento a bordo com diversos filmes e séries, acompanhamento do trajeto em tempo real e acesso ao mapa e previsão de chegada.

Projeto de lei pode impulsionar energia solar

A energia solar proporciona economia para residências, comércios, produtores rurais, prédios públicos e pequenas indústrias

Está em tramitação no Congresso Nacional o apoia o PL (projeto de lei) 5.829/2019, que estabelece o marco legal para a geração distribuída renovável no Brasil. Segundo a coordenadora estadual da Absolar no Paraná, Liciany Ribeiro, o PL é fundamental porque proporciona segurança jurídica e regulatória aos investidores, empreendedores e consumidores do Brasil.

No entanto, destaca que a Absolar defende a aprovação do PL com a inclusão da emenda de autoria do deputado federal Evandro Roman (Patriota, PR). Protocolada na quinta-feira, 11 de março, a emenda propõe uma cobrança justa pelo uso da rede, a ser implementada após a geração distribuída renovável atingir a participação de 10% no suprimento de cada concessionária no Brasil.

Mais do que limpa e renovável, a energia fotovoltaica ou solar proporciona economia para residências, comércios, produtores rurais, prédios públicos e pequenas indústrias. Pelos muitos benefícios que a fonte pode trazer a todos consumidores, mesmo àqueles sem geração distribuída, a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) tem conscientizado o governo, os parlamentares e a população em geral, inclusive o estado do Paraná, para potencializarem essas vantagens. “Assim como você apoia os produtos paranaenses, apoie a energia solar gerada aqui”, diz Liciany

Retomada econômica pós-pandemia 

“Em 2021, existem fatores positivos que podem auxiliar a retomada econômica”, avalia Adolfo Sachsida, secretário de Política Econômica do Ministério da Economia. Entre os pontos que devem ser olhados com atenção estão a taxa de poupança alta, o mercado de crédito sólido e a possibilidade de o mercado de trabalho responder com mais dinamismo. O tema foi discutido no webinar “Plano de Voo”, transmitido pela Amcham Brasil em Curitiba (), na quinta-feira (18), que reuniu interlocutores do setor público e privado para debater a situação econômica e política do País, além de possíveis cenários para 2021.

De acordo com Sachsida, o Brasil atingiu o maior nível de taxa de poupança dos últimos cinco anos. Ao contrário das crises de 2019 e 2015-16, a taxa de poupança aumentou no Brasil em 2020. E foi uma alta considerável, passando de 12,53% do PIB em 2019, para 15,03% do PIB em 2020. “Ou seja, tão logo possamos vacinar a população, nós teremos uma poupança mais robusta para auxiliar o consumo e os investimentos”.

Segurança jurídica no agronegócio

Congresso Brasileiro de Direito do Agronegócio (CBDA) contou com 5.000 participantes

Com cerca de 5000 participantes, o reuniu virtualmente nesta quarta-feira (31 de março) um público altamente qualificado e renomados especialistas do agronegócio, do direito, da economia, de universidades e representantes do poder judiciário, legislativo e executivo. O evento atingiu todos os seus objetivos, segundo o ex-Ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, Coordenador do FGVAgro e Integrante do Conselho Curador do CBDA, ao “ampliar a clareza das legislações que normatizam o processo produtivo e as relações das cadeias produtivas com os poderes constituídos”.

Renato Buranello, presidente do IBDA – Instituto Brasileiro de Direito do Agronegócio, entidade organizadora do evento, resumiu a realização da primeira edição com frases que foram ditas pelos participantes nos quatro painéis: “Precisamos contar nossa história através da constatação de uma cadeia de produção complexa. No campo normativo, olhar o microssistema jurídico com todo o cuidado que o setor merece, para alcançar uma sistematização de regras do regime jurídico do agronegócio com mais equilíbrio, legitimidade e efetividade. A função jurisdicional é materializada nas decisões, mas uma sentença não é instrumento de política econômica, deve ser medida de exceção, a fim de diminuir a judicialização e melhorar o ambiente de negócios. É um enorme desafio. Entretanto, estamos cada dia mais perto de ser verdadeiramente o supermercado do mundo; com o agro brasileiro não só como destaque, mas como líder na produção de alimentos, bioenergia e fibras”.

Plataforma ajuda desempenho pelo agricultor

plataforma gratuita de informações agrícolas ampliam as possibilidades de análise do agricultor

PlantUP, plataforma gratuita de informações agrícolas desenvolvida pelo Grupo ATTO, apresenta novidades que ampliam as possibilidades de análise do agricultor para uma melhor tomada de decisões sobre a produção de soja, milho e algodão. A plataforma, que pode ser acessada pelo site meuplantup.com ou pelo aplicativo Android e iOS, já conta com 10,6 milhões de hectares para análise e mais de 1.600 agricultores cadastrados de mais de 320 municípios do Brasil.

“Trabalhamos para trazer mais informação e ampliar ainda mais a assertividade, para que o agricultor tenha condição de tomar melhores decisões e produzir mais sem aumentar seus custos e sem complicar sua vida”, afirmou o CEO do Grupo ATTO, Odilio Balbinotti Filho  que enfatiza: “Informação de qualidade bem aplicada é sinônimo de maior produtividade”.

COMPARTILHAR
AnteriorAlô, alô PF
PróximoFalecimentos 07.04.2021