A Babadó – Mostra Cultural LGBTQIA+, uma realização da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo apoio da Secretaria de Cultura Municipal de São Paulo e da Casa de Cultura Salvador Ligabue, acontecerá em 18 de junho, produzido pela empresa Renata Poskus Eventos e Comunicação. A programação é gratuita, oferecendo informação, diversão e cidadania para a população paulistana da Freguesia do Ó e bairros limítrofes, na véspera da Parada LGBTQIA+ de São Paulo.

A ideia central da Babadó é contribuir com políticas de combate ao preconceito de gênero e sexual, colocando como protagonistas das atividades membros da comunidade LGBTQIA+ e promover interação com o público heterossexual, rompendo com preconceitos e tabus, através de atividades conjuntas que prezam pelo respeito à diversidade.

O evento acontecerá no sábado, 18 de junho, das 10 às 21 horas. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público em geral e de todas as idades, de crianças a idosos, para as oficinas artísticas que acontecem durante o dia e a partir de 16 anos para os pocket shows que serão realizados a noite.

Na programação estão oficinas de artes plásticas, de dança do ventre, de ballet, de montação, maquiagem e performance de drags queens, oficina de modelos LGBTQIA+, oficina de teatro e expressão corporal para idosos.

À noite, o encerramento da programação conta com dois shows de Stand up: um com a Drag Queen Silvetty Montilla, conhecida como a RuPaul brasileira; e “Em Transe” com João Bubiz, o primeiro homem trans comediante do país. Os shows, com classificação etária de 16 anos, acontecerão no anfiteatro da Casa de Cultura, permitindo maior controle do público, dentro das recomendações de idade e também em relação à saúde devido ao Covid-19.

Programação completa 

10h às 12h – OFICINA DE ARTES PLÁSTICAS com Erika de Souza, que se identifica com a letra L da LGBTQIA+

Os alunos produzirão coletivamente um mural feito com papel craft, jornal, cola e tinta guache, com as cores da bandeira LGBTQIA+. O trabalho será exposto na parede da Casa de Cultura Salvador Ligabue, durante todo o mês. Não há limite de idade para esta atividade. E não precisa fazer parte da sigla LGBTQIA+ para participar, apenas respeitar a diversidade e a individualidade de cada um.

12h às 13h – OFICINA DE MODELOS LGBTQIA+ com a modelo Trans, Renata Montezine

Moda é cultura. E ser modelo é ser artista. Nesta oficina, os aspirantes à modelo aprenderão técnicas de passarela e poses fotográficas. Terão dicas sobre o mundo da moda e da carreira.

13h às 14h – OFICINA DE LGBALLET+ com Brunessa Loppez

Uma aula de ballet para quem sempre sonhou em ser bailarinx e nunca fez uma aula. Com músicas de divas do pop. A atividade será para todas as pessoas, inclusive aquelas que nunca tiveram contato com a dança. Uma experiência divertida e enriquecedora.

14h às 15h – OFICINA DE DANÇA DO VENTRE com Ray Show

Homens também podem dançar a dança do ventre. Uma aula fascinante para todXs! Não precisa ter experiência.

16h às 17h – OFICINA DE EXPRESSÃO CORPORAL E TEATRO com Pedro Falco

Esta aula será voltada para idosos, mas o convite fica estendido também para toda a família. Uma aula de improvisação e autoconhecimento, com muita diversão.

17 às 19h – OFICINA DE MONTAÇÃO DE DRAGS com Pamdora, que se identifica com as letras G e Q

Uma oficina que vai explicar o be-a-bá para quem quer aprender na prática como se transformar em Drag Queen.

Shows 

19 às 20h – Stand up com Silvetty Montilla, conhecida como a RuPaul brasileira

20 às 21 horas – “Em Transe” com João Bubiz, o primeiro homem trans comediante do país.

Os ingressos para os shows devem ser retirados meia hora antes do horário do espetáculo.

Local: Casa Municipal de Cultura da Freguesia do Ó Salvador Ligabue – Largo da Matriz, 215.