A procura por soluções em energia solar tem crescido ano a ano e, mesmo durante a pandemia de Covid-19, encontrou caminhos para manter altos patamares nos negócios.   É o que mostra os números da Entec Solar, do Paraná especializada no fornecimento, instalação e manutenção de sistemas de energia fotovoltaicos, que registrou um aumento de 1.000% nos interessados por soluções durante, principalmente, o segundo semestre de 2020.
“Hoje atendemos mais de 100 pessoas interessadas em todo o Brasil, que querem saber como diminuir seus custos com energia. Em volume de projetos, passamos de 20 para 50 por mês em 2020”, conta Jessé Jaelson da Silva, sócio e diretor da Entec Solar.
 “Geralmente o cliente opta por trocar o valor da sua fatura de energia elétrica pelo valor do financiamento. No início, esse valor costuma ser um pouco maior, mas em até três anos ele terá um bem quitado que continuará gerando energia por mais 30 ou 35 anos. Só os painéis têm garantia de 25 anos”, afirma a sócio e diretora Fernanda da Silva Pereira. Somente a Entec já gerou uma economia na ordem de R$ 5 milhões em energia elétrica em cerca de 700 instalações que realizou em seus quatro anos de existência.
Para 2021, as expectativas são elevadas para a Entec Solar. “Em janeiro estão programadas 49 instalações e, no decorrer do ano, acreditamos que esse número aumente três vezes, chegando a 150 instalações por mês”, ressalta Jessé.
 “A indústria solar era resistente à venda virtual. Projetos, propostas e contratos detalhados levaram instaladores e revendedores a preferir conversas presenciais. Mas a pandemia tornou a preferência insustentável. Então mudamos processos para atender o momento e agora estamos capacitados a trabalhar de maneira totalmente digital. Antes, um vendedor fazia três visitas por dia, agora faz mais de 20 atendimentos on-line com a mesma eficiência e qualidade”, explica Jessé.
 Dedução de ISS e mão de obra  
O encontro com vereadores   e a diretoria Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-Paraná)
A diretoria da regional paranaense da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-Paraná) e parlamentares da Câmara Municipal de Vereadores de Curitiba se reuniram para discutir políticas de fomento às atividades de inovação na capital do estado.
O projeto que reduz a alíquota do Imposto Sobre Serviços (ISS) e ações de capacitação de mão de obra esteve entre os principais pontos abordados. O encontro foi com as vereadoras Indiara Barbosa (Novo), vice-presidente da Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização, e Amália Barbosa (Novo), presidente da Comissão de Educação, Cultura e Turismo.
O presidente da Assespro-Paraná, Lucas Ribeiro, e o vice-presidente de Articulação Política da entidade, Adriano Krzyuy, consideraram a reunião bastante produtiva. Para ambos, as parlamentares reafirmam a importância e a estratégia do setor de tecnologia da informação (TI) para o desenvolvimento econômico e social de Curitiba. Participaram da reunião também o vice-presidente de Marketing e Eventos da Assespro-Paraná, Paulo Roberto Coimbra de Manuel, e o diretor adjunto de M&A (fusões e aquisições) em Tecnologia, Antonio Claudio Demeterco. O trabalho da Assespro-Paraná pode ser acompanhado pelo site https://www.assespropr.org.br
Crescimento  com soluções em omnichannel  
A WeON, em Curitiba, desenvolve soluções de comunicação para contact centers a partir de Omnichannel.
Um levantamento da Robert Half, líder mundial em recrutamento e seleção, com mais de 800 colaboradores no Brasil, apontou que o sistema home office  agradou à maioria. Entre os entrevistados, 86% querem trabalhar de casa mais vezes por semana, mesmo após o fim do isolamento. Mas, chegar a esse patamar não foi uma tarefa fácil para as empresas durante o ano de 2020. Foi o caso da curitibana WeON, que desenvolve soluções de comunicação para contact centers a partir de Omnichannel. Com uma solução integrada na nuvem, a empresa apresentou um crescimento de 160% nas vendas em 2020, atingindo um faturamento superior a R$4 milhões, e acrescentou ao seu currículo cases de sucesso, como o da Home Agent, cliente há alguns anos, mas que quadriplicou seu faturamento durante a pandemia, utilizando a WeON em algumas de suas operações. “Através de nossa solução é possível estar na nuvem, pela facilidade de integração do sistema, permitindo, assim, que um grande número de profissionais entre em operação em pouco tempo e de qualquer local do mundo com apenas um computador, headset e internet estável”,  afirma Helder Sato, sócio e diretor da WeON.
Sistema  especial para viagem  ao exterior
Erik Cabral: Pioneirismo  em criar um sistema especial dentro do  cenário de turismo, para atender o desejo de diversas pessoas.
A startup curitibana “Viagem com Estilo” criou um método infalível para que todos consigam ter acesso aos benefícios e delícias que o turismo pode proporcionar. A empresa, criada em 2012, oferece um método diferente: são pacotes para destinos internacionais com viagens em grupo, levando em conta os interesses de todos que participarão da viagem. Dentro disso, a Viagem com Estilo foi pioneira em criar um sistema especial dentro do cenário de turismo, para atender o desejo de diversas pessoas. A  startup oferece o “Plano Viagem”, um financiamento dos pacotes por boleto, de modo que o público realiza a viagem após ter feito o pagamento total, podendo curtir a viagem sem se preocupar com pendências futuras.
Segundo o proprietário da Viagem com Estilo, Erik Cabral, ele criou essa possibilidade por perceber uma lacuna nesse sentido, em relação ao mercado do turismo. “Por conta do mercado de turismo ser muito elitizado, eu tinha a necessidade de atingir as pessoas que desejavam viajar, mas precisavam de prazos maiores para se programar”, diz ele.
Transação que fomenta crescimento 
Marcos Roque Villa, atual CEO da Segfy, com sede em São José dos Pinhais.
Por conta de uma transação que uniu a Segfy, empresa que fornece soluções tecnológicas e inovadoras para corretores, e a Porto Seguro, uma das maiores seguradoras do País,  algumas novidades que facilitam o dia a dia devem vir por aí.  Através do seu Fundo de Investimento em Participações Porto Ventures, a Porto Seguro assinou acordo para aquisição de 74,67% da Segfy Tecnologia. Essa transação tem o objetivo de fomentar o crescimento da Segfy e contribuir para que a empresa continue desenvolvendo novas soluções para este mercado que hoje conta com quase 100 mil corretores, segundo a Fenacor . Criada em 2018 após a fusão de três empresas, a Segfy tem um DNA pioneiro no sistema de gestão e multicálculo para corretores de seguros já que em 1992 Marcos Roque Villa, atual CEO da empresa, já desenvolvia a primeira versão do produto.   Atualmente a companhia, sediada em São José dos Pinhais (PR), é uma das principais empresas do setor em soluções projetadas para auxiliar em todas as fases da contratação do seguro, desde o cálculo até a gestão dos segurados.
Edital de Chamamento Público
O Conselho de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) recebeu 17 projetos de Entidades de Classe de todo o Estado que deverão ser contemplados na primeira fase do edital de chamamento de 2021, que repassa recursos para execução de projetos de interesse do Sistema Confea/Crea em comunhão com as ações de atualização profissional e de inovação nas atividades afetas ao sistema profissional. Os projetos da primeira etapa foram inscritos até dia 1º de fevereiro. Agora, o Crea-PR está recebendo, até o dia 23 de abril, propostas para a segunda fase. Este edital tem um diferencial em relação às edições anteriores que é a possibilidade de realização de eventos on-line – uma adaptação necessária por conta do momento de pandemia e uma inovação que facilita a participação de interessados.  segunda fase do Edital de Chamamento para 2021 está disponível no site do Crea-PR na aba Entidades de Classe. As propostas devem ser encaminhadas por meio do Acesso Restrito das Entidades de Classe – também disponível no site do Crea-PR.