Almoço no Ernesto

295
No Ernesto, almoço executivo vigora de segunda a sexta-feira

O Ernesto Ristorante (r. Miltho Anselmo da Silva, Mercês, Curitiba) volta a abrir para o almoço, com menu executivo de segunda a sexta-feira; aos sábados e domingos, o serviço é pelo cardápio habitual. O executivo compreende uma sequência de couvert, entrada, prato principal e sobremesa, a R$ 59 por pessoa. Abre com pão artesanal, berinjela marinada e manteiga de vinho, seguido de um mix de folhas com alcachofra, tomatinho cereja, abobrinha grelhada e molho Ceaser.

No prato principal a escolha fica entre: entrecote ao molho de pimenta acompanhado de purê de batatas e arroz branco; strogonoff de mignon acompanhado de arroz branco e batata chips; fettuccine artesanal ao molho de grana padano e camarões; e mignon ao molho mostarda acompanhado de arroz branco e batata chips. Todos os preparos podem ter feijão cremoso da casa servido como acompanhamento. Na sobremesa, pudim de leite condensado da vovó ou mousse de chocolate.

Parrilha uruguaia

Tábuas para uma, duas ou mais pessoas, a marca do restaurante

Inaugurado há duas semanas no espaço gastronômico Souk (av. Iguaçu, 4399), o Parrilla Del Puerto CWB serve carnes “preparadas como dita a tradição uruguaia, na brasa de carvão e na lenha”, em pratos para uma ou duas pessoas ou tábuas para compartilhar. O menu é assinado pelo chef Henrique Fior.

As tábuas para uma ou duas pessoas, cujos preços vão de R$ 30 a R$ 92, têm dois acompanhamentos, um deles legumes grelhados, e um molho; para três ou quatro pessoas, custam a partir de R$ 120. Entre as carnes: picanha, bife ancho, fraldinha, bife de chorizo, assado de tiras, filé mignon e frango grelhado.

Diz o chef: “na verdadeira parrilha, o diferencial é o alto calor com qual a carne é assada. A lenha e o carvão são queimados e apenas a brasa é trazida para perto da grelha. É justamente a falta de contato entre o fogo e a fumaça que proporciona o sabor diferenciado ao corte”. O Parrilha atende de terça a sexta-feira das 17h às 23h, sábados das 11h às 23h e domingo das 11h às 22h.

Vinhos premiados

Os cinco vinhos agregam novas medalhas à Araucária

Cinco rótulos da Vinícola Araucária, de São José dos Pinhais (PR), foram premiados com medalha de ouro no concurso “Wines of  Brazil Awards 2020”, realizado no Rio de Janeiro em paralelo ao ViniBraExpo. Mais de dois mil rótulos de 164 vinícolas foram inscritos no certame. São eles: Angustifólia Cabernet Sauvignon, Angustifólia Merlot e Gralha Azul Cabernet Franc, todos da safra 2015, que receberam medalhas Grand Gold. O vinho branco Angustifólia Chardonnay e o espumante Poty Lazzarotto Nature obtiveram medalhas Gold.

Para o empresário Renato Adur, sócio-administrador da Araucária, a premiação na WBA 2020 “reflete o aprimoramento que se busca a cada dia na qualidade dos vinhos e espumantes, um trabalho que envolve desde o cuidado dos agrônomos no vinhedo até o esmero dos enólogos na elaboração dos produtos”.  Para Adur, “o vinho caiu no gosto dos paranaenses, e os produtos elaborados no Paraná já estão entre os mais consumidos”.

Linha vegana

Os novos produtos já estão nas gôndolas

Misturas para hambúrguer (sabores carne e frango), quibe e almôndegas, todos veganos, são a novidade da marca Caldo Bom da Stival Alimentos, unidade de Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, e representam o ingresso da empresa nesse nicho de mercado. Os novos produtos são elaborados com um blend de vegetais in natura como feijão, lentilha e ervilha, com alto teor de proteína por porção e fonte de fibras. São direcionados aos consumidores veganos ou vegetarianos (cerca de 15% da população brasileira) e também àqueles que desejam reduzir o consumo de proteína animal (cerca de 40% dos brasileiros manifestaram esta intenção) ou que têm algum tipo de restrição alimentar.

Entre os diferenciais dos lançamentos está o preparo rápido e prático, apenas com água. As misturas Caldo Bom rendem mais (15 porções de quibe, 15 unidades de almôndega e 5 porções de hamburguer), o que garante um melhor custo-benefício para o consumidor e uma margem esperada similar aos produtos congelados encontrados no mercado para o varejista.

41 Brooklin em dezembro     

Um dos cenários do futuro 41 Brooklin, em fase final de obras

“O conceito do subúrbio de Nova York com a tradição do hip hop”. Assim é definido por Felipe Floriani, sócio do empreendimento, o 41 Brooklin, cuja inauguração está prevista para dezembro, na rua Alferir Poli, 821, onde já funcionou uma oficina e revenda de motos.

O pub, “o primeiro da cidade especializado em hip hop”, terá dois bares na parte interna, um deles exclusivo de coquetéis clássicos e autorais, e um lounge com iluminação especial em LED, sofás e telão para transmissão de apresentações de DJs e jogos das principais competições norte-americanas, entre elas NBA e NFL.

Segundo Floriani, o diferencial da casa será a área externa. O bar contará com o conceito garden, deck ao ar livre, mesas, sofás, pufes, food trucks e um “bar de praia” exclusivo. E garante: “Já existiram outras casas curitibanas com festas temáticas dedicadas ao hip hop, mas nunca foi algo exclusivo. O 41 Brooklyn está chegando para trazer um conceito único na cidade. Temos certeza que vamos surpreender com toda a magia da cultura do hip hop, além de trazer outros conceitos clássicos dos Estados Unidos”.

Nos primeiros tempos, o 41 Brooklin vai operar com capacidade reduzida em razão da pandemia do coronavirus. Os horários: de terça a quinta-feira, das 17h às 23h; sextas, até 1h; no sábado, das 14h a 1h.