Ainda sem convite

267

Cotado para assumir o Ministério da Educação, o secretário Renato Feder disse que se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro por mais de uma hora e foi questionado sobre planos para a pasta, como, por exemplo, sugestões de como o governo poderia lidar com a reabertura das escolas. De acordo com Feder, o presidente não oficializou o convite para que ele comande a pasta.

Jair Bolsonaro ainda não definiu quem será o novo ministro da Educação. Vai avaliar outros nomes antes de fazer um convite formal para um dos indicados. Auxiliares de Feder disseram que Bolsonaro prometeu entrar em contato “nos próximos dias” para confirmar quem sucederá Abraham Weintraub.

A reunião entre o secretário e Bolsonaro durou cerca de uma hora. Inicialmente, os dois se encontrariam em um almoço, mas o presidente antecipou a conversa. Participaram também do encontro o ministro interino da Educação, Antonio Paulo Vogel, Luiz Eduardo Ramos e Braga Netto.

Sem derrubar

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que o Brasil poderia intensificar a produção de comida para atender mercados internacionais “sem derrubar uma árvore sequer”. Segundo ela, seria uma forma de otimizar o uso global de recursos naturais. A ministra alegou que apenas 8% do território brasileiro é ocupado por lavouras e “ainda não atingiram a plenitude de sua produtividade”.

Concursos suspensos

A Prefeitura de Curitiba suspendeu o prazo dos concursos públicos durante a pandemia do novo coronavírus. O candidato que esperava ser chamado vai ter que esperar passar a situação de emergência em saúde pública na cidade. A lei vale para os concursos públicos realizados pelo Executivo, Legislativo, por autarquias, fundações e também pelas empresas públicas da capital paranaense.

Provas adiadas

Polícia Civil do Paraná adia provas de concurso com 400 vagas por causa da pandemia Processos seletivos públicos (PSP) e simplificados (PSS) não se aplicam à medida.

As novas datas

O relatório final da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que prevê o adiamento das eleições municipais deste ano definiu os dias 15 e 29 de novembro para sua realização por causa da pandemia do coronavírus. O senador Weverton Rocha (PDT-MA), relator da proposta, entregou o relatório na manhã desta terça-feira (23). A votação no Senado está prevista para esta tarde.

Subnotificação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) mostrou preocupação nesta segunda-feira, 22, com a alta porcentagem de resultados positivos nos testes de covid-19 no Brasil – na casa dos 31%, de acordo com o boletim epidemiológico mais recente. Segundo a entidade, o número elevado indica baixa testagem e uma provável subnotificação de casos, uma vez que a taxa média de positivos, em outros países, costuma ser de 17%.

Bolsonaro de máscara

Decisão da 9ª Vara Fderal Cível de Brasília determina ao presidente Jair Bolsonaro a obrigatoriedade de usar máscara facial de proteção em espaços públicos e estabelecimentos, comerciais, industriais e de serviços no Distrito Federal. Foi fixada pena diária de R$ 2 mil caso o chefe do Executivo descumpra a decisão, assinada pelo juiz Renato Coelho Borelli.

Justiça ‘fecha’ frigorífico

A Justiça do Trabalho no município de Cianorte, no interior do Paraná determinou, nesta segunda-feira (22), a suspensão das atividades presenciais de todos os trabalhadores do frigorífico Avenorte Avícola Cianorte Ltda, que tem sede em Cianorte, na região Noroeste do Paraná. O afastamento deve durar ao menos 14 dias.

Generais negam golpe

Pedidos de fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF) têm ocorrido em atos, alguns deles com a presença do presidente Jair Bolsonaro, mas generais reformados e observadores próximos das Forças Armadas chamam isso de conversa sem nenhuma base. Defensor do golpe militar de 1964 e das duas décadas de ditadura que se seguiram no país, Bolsonaro tem permitido que seus filhos e apoiadores lancem ameaças contra instituições democráticas em parte porque ele está em situação desconfortável, dizem analistas.

Festival dos gordos

Grupo de endocrinologistas, psicólogos e patologistas entrevistou 1.470 pessoas por telefone e chegou à conclusão de que o isolamento engorda, especialmente entre os homens. O levantamento revela que, desde o início da pandemia para cá, os homens engordaram, em média, 2,60 quilos, decorrência de ingestão maior de doce, massas e carboidratos. O doce mais consumido é uma atração de restaurantes, encontrada agora nos supermercados: brownie com sorvete.

Sem fogos

A prefeitura do Rio estudo, pela primeira vez em décadas a possibilidade de não haver a tradicional queima de fogos de artificio na passagem do ano, que no ano passado, reuniu três milhões de pessoas. A substituição poderia ser shows pela internet. Também o não menos tradicional baile de réveillon do Copa está ameaçado de não ser realizado.

Extinção

O polêmico presidente da Fundação Palmares, Sergio Camargo, está disposto a lançar uma campanha pela extinção do feriado pela abolição da escravatura, no dia 13 de maio. Dependendo, estica a manifestação em São Paulo e outras cidades (não é feriado nacional) onde se comemora também o Dia da Consciência Negra.

Confiáveis

Nem tudo está perdido: o Brasil voltou a figurar na lista dos 25 países mais confiáveis para o investimento estrangeiro direto, segundo indicadores da consultoria A.T. Kearney. No ano passado, ficou fora da lista. Este ano, é o único da América Latina. EUA lidera, seguido por Canadá, Alemanha, Japão e França. Na sequência dos primeiros colocados, seguem, por ordem Reino Unido, Austrália, China, Itália e Suíça. O Brasil é o 22º colocado.

Dois pesos

A fuga de Abraham Weintraub provocou suas consequências: aliados de Bolsonaro e mesmo integrantes do núcleo central de poder ficaram aliviados em ter o ex-ministro longe das decisões do governo e de governança  na Educação. Por outro lado, analistas de plantão não estão tão aliviados: consideram que, nos Estados Unidos, Weintraub tenha uma recaída e comece cometer delírios, podendo respingar no governo. Ele será diretor executivo do Banco Mundial para um grupo de nove países, Brasil incluído.

Encolhendo

Depois de três meses, o mercado de lives patrocinados com artistas, que começou com cachês de mais de R$ 500 mil, está minguando. Desde o começo, os artistas cobravam o mesmo de shows ao vivo. Hoje, artistas em início de carreira, estão fazendo apresentações por R$ 1 mil. A propósito, Michel Teló cujo cachê gira em torno de R$ 150 mil, teve de cancelar cerca de 30 apresentações presenciais que faria em grandes festas de São João.

Quem indica

Na despedida, com direito a “abracinho” entre Bolsonaro e Weintraub, parecia que o presidente era o manda-chuva do episódio. Atrás de tudo, quem indicou o ex-ministro da Educação, foi Olavo de Carvalho, o terraplanista de Richmond que também sugeriu a saída pelo Banco Mundial e será quem indicará o substituto.

Ações de varejistas

As varejistas B2W, Magazine Luiza e Via Varejo têm se destacado entre as ações com maior valorização desde a derrocada da bolsa em março. A Via Varejo, à propósito, ainda não entregou toda a melhora operacional esperada desde que a família Klein assumiu a empresa, mas a expectativa justifica o apelo pelas ações, além do preço mais barato do que a B2W e Magazine Luiza.

Campeão

Análise de clipping de 42 veículos de comunicação em todo o país revela que, depois da pandemia, o tema “golpe” foi o mais mencionado nos últimos 30 dias.

Outro

O governo também está buscando um cargo para Arthur Weintraub, irmão de Abraham e assessor da Presidência (ninguém sabe o que ele faz exatamente). Um caminho é a Comissão Jurídica da OEA, com sede no Rio.

Fogo

As aparições de Bolsonaro no final de semana exibiram uma figura furiosa, com “fogo nos olhos” a se usar uma expressão popular, a ponto de acender a luz vermelha no grupo de estudos de seu comportamento na Universidade Federal de São Paulo. mais: Carluxo Bolsonaro também anda com os nervos à flor da pele diante do avanço das investigações contra o irmão Flávio. E Carlucho com ódio é um perigo.

Credibilidade

A Paraná Pesquisa avaliou que o brasileiro confia mais em Bolsonaro (37,9%) do que em William Bonner, apresentador do Jornal Nacional (32,6%). O jornalista da Globo vende a disputa no Nordeste: 39,6% de confiança contra 30,1% de Bolsonaro.

Dispensado

O advogado Frederick Wassef ficou em evidência depois da prisão de Fabrício Queiroz, em sua casa em Atibaia. Diante disso seus serviços foram dispensados pelo clã Bolsonaro. Dizem que a insistência do advogado em provar que era bem próximo a família causou grande desconforto. Wassef, que esteve presente na posse de Fábio Faria no Ministério das Comunicações, garantia que tinha acesso livre no Planalto e no Alvorada.  Flávio Bolsonaro garantiu que foi o próprio advogado que decidiu abrir mão dos serviços para a família.

Frases

“Em poucos meses, Weintraub saiu do anonimato e provou duas coisas: 1) não entende nada de educação; e 2) é ótimo de fuga.”

Daniel Cara, professor da USP.