As inscrições para o Volvo Adventure 2008 estão abertas e vão até o dia 31 de janeiro de 2008. Os trabalhos deverão ser inscritos pelo website www.volvoadventure.org

As equipes podem ter entre dois e cinco integrantes, mas sempre com um adulto como supervisor. A premiação é o resultado de uma parceria entre o Grupo Volvo e o Programa Ambiental das Nações Unidas (UNEP na sigla em inglês).

 Viagem a Gotemburgo 

Todas as equipes finalistas ganham uma viagem a Gotemburgo, na Suécia, sede mundial do Grupo Volvo, onde acontecem a etapa final do concurso e a premiação, com todas as despesas pagas. Os três primeiros colocados são premiados em dinheiro (US$ 10 mil, US$ 6 mil e US$ 4 mil, respectivamente). Em 2006 foram nove grupos finalistas de países distintos e, em 2007, este número subiu para quinze.

 

Durante os dias da conferência, que acontece em Gotemburgo, os adolescentes têm a oportunidade de participar de workshops, debates com pessoas de outras culturas e conhecer os problemas ambientais de diferentes partes do mundo, além de participar de atividades recreativas. Todas as atividades acontecem em inglês, língua oficial do Volvo Adventure.

 

Nos últimos três anos equipes brasileiras foram à Suécia para apresentar seus trabalhos para o júri que elege os três grupos vencedores.

 Inscrições pela internet 

A internet é uma ferramenta importante do programa, pois além de as inscrições só poderem ser feitas pelo site, as equipes inscritas passam e contar com suporte on-line. As instruções de como fazer a inscrição estão disponíveis no website em dez diferentes idiomas, inclusive o português. Também é possível acessar neste site todos os projetos finalistas e vencedores dos dois últimos anos do Volvo Adventure.

  Volvo e meio ambiente 

Desde 2002 a Volvo organiza a competição como parte de um trabalho ambiental mundial, visto que o respeito ao meio ambiente, junto com qualidade e segurança são os valores fundamentais do Grupo. O concurso foi criado para incentivar as novas gerações a continuar desenvolvendo atividades sustentáveis. A marca sueca acredita que grande parte dos problemas ambientais existentes no mundo podem ser resolvidos por meio de iniciativas locais.

 

Em 2007 foram inscritos 365 projetos de 47 países. A vencedora foi uma equipe da Indonésia – considerado o país mais poluído do mundo –, formada por duas adolescentes, que conseguiram reduzir a produção de lixo na cidade de Surabaya. Elas lideraram uma campanha de reciclagem. Em segundo ficou uma equipe da Nova Zelândia, cujo projeto reduziu em 20% o uso de sacolas de plástico no supermercado da cidade de Nelson.

 

O terceiro lugar ficou com o time da África do Sul, que criou um jogo de tabuleiro no estilo "Monopólio", no qual crianças das escolas de um bairro pobre da Cidade do Cabo aprendem a utilizar os recursos energéticos de maneira racional.

 

As iniciativas locais geralmente partem dos mais jovens, como os quatro integrantes do Viva o Trânsito, de Olinda, PE, que representaram o Brasil na final internacional do Volvo Adventure em Gotemburgo, na Suécia, entre os dias 25 e 30 de maio de 2007. Eles propuseram uma série de atividades focadas no meio ambiente e relacionados ao trânsito. Entre as principais atividades estava uma peça teatral, palestras para a comunidade e atividades de recreação infantil. O projeto nasceu como uma opção de reintegração social para os jovens da cidade de Olinda.

 

A abordagem fez com que o grupo, que em 2005 já havia participado da final do prêmio (com o projeto Trilha do Siri), fosse escolhido para integrar os trabalhos finalistas em 2007.

 

Em 2006 o projeto Estrelas do Mar, de Santa Catarina, representou o Brasil na final mundial do Volvo Adventure. Sua  proposta era estimular a inclusão social dos jovens na comunidade de pescadores artesanais da praia de Pântano do Sul, em Florianópolis. Após a participação no Volvo Adventure, o projeto se ampliou para outras comunidades de pescadores, nas praias de Costa de Dentro e Armação.