Handred homenageia Brennan em desfile com cirandas de Lia

433

 


Foto: Ze Takahashi/ FOTOSITE

O diretor criativo André Namitala homenageou a obra e legado do ceramista pernambucano Francisco Brennan (1927-2019), no desfile da carioca Handred na São Paulo Fashion Week. Foi um dos melhores momentos do evento de moda realizado semana passada. Não só pela inspiração, como pela presença da cirandeira Lia de Itamaracá.

Foto: Ze Takahashi/ FOTOSITE

A coleção, a primeira da marca carioca com a Oficina Brennand, abusa do branco para lembrar o espaço vazio onde o artista fará sua primeira pincelada, a primeira escrita, o primeiro traço de um croqui… E, também com maestria,  transporta sua leitura das cerâmicas para a seda, linho e jacquard, as bases  têxteis de preferência da marca.

A perceber: o brilho e o opaco do jacquard trazem à tona desenhos dos cajus; shantung de seda drapeiam formas e volumes, livres como as esculturas “imperfeitas”, e o linho tem a honra de abrigar, em bordados e botões, peças de cerâmica em escala reduzida,  criada pelos oleiros da Oficina Brennand para a Handred.


Foto: Ze Takahashi/ FOTOSITE

A cultura de Pernambuco também  é transposta para a coleção nos pontos do labirinto, dos richelieus e boa noite. O encontro dos dois ateliês rendeu, além da coleção e a voz de Lia, ainda um curta-metragem documental e uma publicação. (Vídeo do desfile no site oficial da SPFW).